22/05/2018 -

Entre os dias 8 e 14 de maio de 2018, as 141 páginas que monitoramos publicaram 8.943 posts, que geraram 5.314.394 compartilhamentos. As páginas que mais postaram essa semana foram: Juiz Sergio Moro – O Brasil está com você (376 posts), Movimento Contra Corrução (369 posts) e Juventude Contra Corrupção (365 posts).

Tabela 1: 20 posts mais compartilhados da semana (8/5/2018 a 14/5/2018)

semana27

Nesta semana trazemos uma novidade. Após ampliarmos nossa amostra, aumentamos também o número de posts analisados para 20. Assim, a listagem acima concentra 10% do volume total de compartilhamentos alcançados pelas 141 páginas ao longo do período. O recurso mais usado nesses 20 posts foi a foto (65%), seguida do vídeo (30%) e do link (5%).

O acontecimento de maior repercussão nas páginas de política do Facebook no período foi o caso de uma policial que reagiu a um assalto e desarmou um bandido em frente a uma escola. O evento foi tema de nada menos que ¼ dos posts. As páginas dos movimentos e políticos de direita (MBL, Vem Pra Rua, Partido Anti-PT e Kim Kataguiri) e da imprensa (Record TV) foram as que mais exploraram o assunto. O tom das publicações foi de exaltação à atitude da policial paulista. Notamos que algumas das publicações buscaram se contrapor a especialistas e militantes da área de segurança pública – o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) entre eles — que criticaram a atitude da policial, alegando ter sido o assaltante o responsável por colocar a população em risco.

Outro assunto relacionado à segurança pública que inspirou os posts mais compartilhados da semana foi a possibilidade de que presos com bom comportamento fossem autorizados à saída do dia das mães. Em matéria, o G1 questionou sutilmente o benefício citando os casos de Suzane von Richthofen, condenada pelo assassinato de sua mãe, e de Ana Carolina Jatobá, condenada pelo assassinato de sua enteada. Já o MBL destacou o caso de um delegado da Polícia Federal que teria sido assassinado por um preso que desfrutava a chamada “saidinha”.

Impostos foram tema de dois posts com características e autores diferentes essa semana: uma foto publicada pela página Ranking dos Políticos, em que um cachorro come o sorvete de uma criança – o cachorro representaria o Estado cobrando impostos e o sorvete, o salário dos trabalhadores.  O outro foi publicado pela página do pré-candidato à presidência da República pelo PSOL Guilherme Boulos. Em entrevista ao programa Roda Vida, o líder do MTST defendeu uma Reforma Tributária que torne a cobrança de impostos proporcional entre os diferentes extratos de renda, desafogando os pobres e a classe média, e incidindo mais pesadamente sobre os ricos.

Dentre as lideranças políticas, o personagem que se destaca no ranking dessa semana é, mais uma vez, Lula. O conteúdo dos posts sobre o ex-presidente varia de acordo com a inclinação ideológica das páginas.

A página oficial de Lula, que ocupa a quarta colocação nessa semana, traz um vídeo no qual o ator Herson Capri demonstra solidariedade ao ex-presidente, defende sua inocência, e diz que pelo fato de Lula ter governado para os mais necessitados, para as minorias, o povo vota nele ou em quem ele indicar. O ator ainda pede que o povo vá às ruas manifestar-se contra a prisão de Lula e procure “esclarecer” conhecidos, contrapondo-se a notícias veiculadas pela imprensa sobre o caso. O nono post da lista, oriundo da mesma página, expõe os resultados da última pesquisa CNT/MDA, segundo a qual Lula ganharia de todos os candidatos nas simulações de segundo turno, inclusive do também pré-candidato Jair Bolsonaro. O deputado, por sua vez, ocupa a 19ª posição com um vídeo que o registra sendo ovacionado no aeroporto de Belo Horizonte.

Já páginas como Vem pra Rua, MBL e Partido Anti-PT comemoram a ação na justiça por parte da prefeitura de Curitiba, que determinou a remoção do chamado acampamento Marisa Letícia, onde dormem participantes da Vigília Lula Livre. Soma-se aos ataques ao PT, o caso da assessora parlamentar Ednalva Franco, que veio a público por meio do colunista da Folha de S. Paulo Leandro Narloch[1]. Ela estaria supostamente cobrando aluguel de moradores de ocupações do Movimento Moradia Para Todos e obrigando-os a participar de atos pró-Lula. A decisão do PT de cancelar a candidatura de Dilma ao Senado para favorecer os aliados em MG, considerada “um golpe em Dilma”, também figurou entre os temas da semana, assim como a prisão preventiva do ex-vereador Maninho do PT pela Justiça paulista, devido a um episódio de agressão ocorrido em frente ao Instituto Lula no dia 5 de abril. A página Partido Anti-PT ainda veiculou uma frase atribuída a Dilma, na qual ela assumiria ter roubado as instituições brasileiras.

Em suma, as páginas da nova direita seguem dominando o ranking dos posts mais compartilhados da semana, assim como Lula e o PT continuam sendo seus principais alvos. Juntas, estas respondem por 70% das posições.

A partir do aumento do número de posts analisados, conseguimos verificar que algumas páginas servem de apoio ao MBL e ao Vem pra Rua, como Ranking dos Políticos e Partido Anti-PT. Em contrapartida, mesmo preso, Lula, além de liderar as pesquisas de opinião, garantiu duas posições no ranking. Entretanto, causa certo estranhamento que políticos e movimentos de outros grupos não consigam emplacar seus posts. Até o momento, a única liderança que conseguiu tal feito foi Guilherme Boulos.

A arrecadação online de recursos para campanhas já começou, e os partidos devem oficializar suas candidaturas no próximo mês. De outra parte, o TSE e o Facebook vêm pensando e concretizando maneiras de evitar o uso de robôs e fake news pelas páginas. Vejamos se esses movimentos alterarão a configuração do ranking e sua composição nas próximas semanas.

[1] https://www1.folha.uol.com.br/colunas/leandro-narloch/2018/05/em-auidios-assessora-do-pt-cobra-aluguel-de-sem-teto-e-anuncia-despejo.shtml