Navegação

Nesta página encontram-se os gráficos que representam a cobertura da mídia no que toca os dois partidos da corrida presidencial, PT e PSDB, durante a campanha do segundo turno. A base de dados cobre os textos de capa – manchetes e chamadas – dos três jornais impressos estudados (Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo). Além disso, para tornar possível a avaliação do papel do Jornal Nacional junto aos jornais impressos, optamos por contabilizar também o número de matérias que mencionam cada partido, de acordo com sua valência, em vez da contagem de tempo que o Jornal Nacional dedica a cada uma delas – medida utilizada em outros gráficos do Manchetômetro sobre esse programa televisivo.

Primeiro, apresentamos séries temporais semanais de valências contrárias, neutras e favoráveis a cada partido agregadas dos quatro jornais estudados (Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo e Jornal Nacional). Em seguida, apresentamos as mesmas séries semanais agregadas por veículo para que possamos comparar os perfis e notar semelhanças e diferenças no comportamento de cada meio.

Série temporal semanal: valências contrárias aos partidos

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de capa dos jornais impressos e matérias do Jornal Nacional de valência contrária a cada partido ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências neutras aos partidos

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de capa dos jornais impressos e matérias do Jornal Nacional de valência neutra a cada partido ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências favoráveis aos partidos

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de capa dos jornais impressos e matérias do Jornal Nacional de valência favorável a cada partido ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Estado de S. Paulo

Série temporal semanal: valências contrárias aos partidos no Estadão

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência contrária a cada partido, publicadas no jornal Estado de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências neutras aos partidos no Estadão

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência neutra a cada partido, publicadas no jornal Estado de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências favoráveis aos partidos no Estadão

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência favorável a cada partido, publicadas no jornal Estado de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Folha de S. Paulo

Série temporal semanal: valências contrárias aos partidos na Folha

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência contrária a cada partido, publicadas no jornal Folha de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências neutras aos partidos na Folha

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência neutra a cada partido, publicadas no jornal Folha de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências favoráveis aos partidos na Folha

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência favorável a cada partido, publicadas no jornal Folha de S. Paulo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

O Globo

Série temporal semanal: valências contrárias aos partidos no Globo

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de valência contrária a cada partido, publicadas no jornal O Globo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências neutras aos partidos no Globo

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de neutra a cada partido, publicadas no jornal O Globo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências favoráveis aos partidos no Globo

No gráfico abaixo temos o número agregado de manchetes e chamadas de favorável a cada partido, publicadas no jornal O Globo ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Jornal Nacional

Série temporal semanal: valências contrárias aos partidos no Jornal Nacional

No gráfico abaixo temos o número agregado notícias de valência contrária a cada partido, veiculadas no Jornal Nacional ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências neutras aos partidos no Jornal Nacional

No gráfico abaixo temos o número agregado notícias de valência neutra a cada partido, veiculadas no Jornal Nacional ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Série temporal semanal: valências favoráveis aos partidos no Jornal Nacional

No gráfico abaixo temos o número agregado notícias de valência favorável a cada partido, veiculadas no Jornal Nacional ao longo do tempo, dividido em semanas, tomando como começo da série o dia 6 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições.

 

Última atualização: 29/10/2014 às 23:00